Odontologia Preventiva

Prevenindo problemas bucais

InícioTratamentos DentáriosOdontologia Preventiva

Cuidar da sua saúde envolve também ter hábitos diários de limpeza bucal. Afinal, muitas pessoas não sabem, mas nos primeiros estágios, a maioria dos sintomas de que há algo errado não se apresentam ou se manifestam. Por estes motivos, a odontologia preventiva nunca foi tão importante para a os pacientes.

Você sabia que de acordo com o Centro para o Controle de Doenças – Atlanta (CDC), a cárie afeta até 60% das crianças até a idade de 15 anos? E as doenças de gengiva, desgaste dos dentes e reabsorção óssea podem atingir até 95% dos adultos!

Desta forma, conhecer os cuidados com a saúde bucal e as indicações deste ramo da odontologia podem te ajudar a evitar problemas no futuro. Confira!

Importância das consultas periódicas na odontologia preventiva

A odontologia preventiva tem como ênfase conscientizar e promover a prevenção na saúde bucal. Os cuidados com os dentes e com o seu sistema mastigatório deve ser uma prioridade. 

E um dos primeiros passos para iniciar esses cuidados é ir às consultas com dentistas regularmente. É ainda mais importante começar isso desde cedo, assim, as crianças podem de acostumar com os hábitos diários necessários e evitar problemas odontológicos.

Isso porque as doenças dentárias e a falta de tratamento podem levar a problemas sérios  de saúde como infecções, danos aos ossos ou aos nervos e, eventualmente, a perda dos dentes

Muito mais do que isso, dentes que não ocluem, isso é, não fecham adequadamente, podem dificultar a mastigação e a alimentação, o que causa dificuldade na digestão e mau hálito. 

A má posição da arcada superior e da arcada inferior, e o mal engrenamento entre elas duas podem levar a uma disfunção da articulação temporo-mandibular. 

Essa disfunção geralmente está associada a sintomas como dores de cabeça, sons de estalo durante a abertura e fechamento da boca e dificuldade na mastigação.

A saúde bucal é tão importante quanto à saúde do resto do corpo

Doenças da gengiva e inflamações periodontais podem influenciar em uma variedade de condições sistêmicas, como doenças cardiovasculares, diabetes, parto prematuro em gestantes, entre outros. 

Essas alterações decorrentes da ausência de informação e de cuidados não só afetam a saúde bucal, mas também estão associadas a outras doenças que afetam a saúde do indivíduo como um todo. 

Por isso, cuidar dos dentes e da boca diminui o risco de problemas graves ao longo dos anos. A boa notícia é que quase todas as doenças orais que afetam crianças e adultos podem ser prevenidas com as técnicas da odontologia preventiva. 

Como prevenir problemas bucais?

As técnicas da odontologia preventiva são bem simples, porém, precisam ser praticadas a rigor todos os dias. Veja:

  • utilize fio dental pelo menos uma vez por dia;
  • escove os dentes após as refeições e mantenha-os saudáveis, diminuindo a incidência da cárie, da retração gengival e de outros desconfortos. 

Além desses cuidados diários, a avaliação clínica pelo cirurgião-dentista é um passo importante para manter a boca saudável. 

Por meio de visitas periódicas, o cirurgião-dentista pode acompanhar o crescimento e direcionar o desenvolvimento dos dentes e bases ósseas, prevenir e diminuir a incidência de cáries em adolescentes, o início de doenças da gengiva e a perda de dentes ou tecidos de suporte (osso). 

Dessa forma, tanto o paciente como o dentista ficam atentos a quaisquer problemas que possam surgir. Ao adotar hábitos saudáveis e escolhas inteligentes, torna-se fácil manter a boca e todo o corpo sempre saudável.

Agora que você já conhece mais sobre a odontologia preventiva, confira as demais especialidades da Benatti Odontologia ou fale conosco e agende a sua vista!

Perguntas mais lidas sobre Odontologia Preventiva