Protocolo Sobre Implante Dentário

Como funciona o protocolo sobre implante?

InícioTratamentos DentáriosImplante DentárioProtocolo Sobre Implante Dentário

O protocolo sobre implante é a colocação de diversos implantes na maxila ou na mandíbula, nos quais serão parafusadas próteses dentárias. 

O implante fixado na maxila dispensa a parte da antiga dentadura que recobre o céu da boca. O protocolo substitui as antigas dentaduras, e é um dos tratamentos modernos para a reposição dos dentes perdidos da odontologia estética/funcional  atual. 

Saiba mais sobre este tratamento e descubra se ele é a melhor opção para você!

  • implante edentula maxila clínica benatti odontologia
  • implante ponde maxila clínica benatti odontologia
  • implante ponte clínica benatti odontologia

 

Quando é indicado o protocolo sobre implante? 

O protocolo sobre implante é o tratamento indicado para pacientes que utilizam prótese total, isso é, dentaduras superiores e inferiores. 

Esse tipo de reabilitação também pode ser uma boa  opção para pacientes que apresentam dentes comprometidos periodontalmente, ou seja, dentes que tenham pouca inserção no tecido ósseo e, consequentemente, apresentam mobilidade.

Também podem auxiliar pacientes que apresentam os seguintes problemas:

  • tem falta de um ou mais dentes naturais;
  • em casos em que não é possível outro tipo de tratamento;
  • para pacientes que possuam os ossos saudáveis e fortes para receber os implantes e que desejam uma opção alternativa de tratamento.

Como funciona o processo de implante?

O protocolo sobre implante é realizado em duas etapas: a cirúrgica e a protética. Veja:

  • cirúrgica — nesta etapa do processo é feita a instalação dos implantes dentários, ou seja, apenas os parafusos de titânio no tecido ósseo;
  • etapa protética é iniciada após o período de ósseo integração, em que o osso se recupera ao redor da prótese de titânio. Nessa etapa, são realizadas moldagens e, sequencialmente, a confecção de uma barra metálica fundida recoberta em acrílico. Essa barra é um intermediário entre os implantes fixados ao osso e os dentes protéticos fixados ao acrílico. Finalmente, o protocolo sobre implante é colocado em posição e parafusado sobre os implantes dentários.

Quanto tempo demora a cirurgia de colocação? 

A cirurgia do protocolo sobre implante pode levar de 30 a 90 minutos. No entanto, o tempo médio de cirurgia depende de inúmeros fatores, por exemplo:

  • a quantidade de implantes a serem colocados;
  • qualidade e a quantidade de tecido ósseo;
  • os tipos de reabsorções ósseas presentes;
  • a necessidade de enxertos ósseo;
  • entre outros.

Qual é o risco da cirurgia de processo sobre implante?

As contraindicações médicas absolutas ao protocolo sobre implante são raras. O risco de infecção focal com o implante ósseo integrado é muito baixo e certamente menos importante que um dente desvitalizado. 

No entanto, é necessário identificar os pacientes que apresentam doenças gerais como diabetes, anemia, doenças cardíacas, etc. Pois desta forma, aumenta-se ainda mais a segurança do procedimento e permite que os médicos estejam preparados para qualquer contratempo.

Esses pacientes podem ser tratados por uma equipe cirúrgica bem treinada, contanto que ela respeite o protocolo cirúrgico e, particularmente, as regras específicas de assepsia.

Como é o resultado estético do protocolo?

Após ser considerado por um longo tempo como uma prótese puramente funcional retida por parafuso, o protocolo sobre implante tem se tornado a restauração de escolha em pacientes totalmente edêntulos, isto é, sem nenhum dente. 

Também é bastante indicado nas reabilitações orais, principalmente na área estética. Isso porque diversos componentes, como dentes em resina importados ou feitos de porcelana, permitem uma reabilitação não somente funcional, mas também estética do paciente

Há casos em que o resultado pode não ser satisfatório, pois alguns parâmetros específicos para o protocolo sobre implante não são seguidos. 

Para que tudo saia como o esperado, um exame clínico aprofundado é necessário para avaliar os fatores de risco na região estética e os protocolos cirúrgicos e protéticos devem ser seguidos à risca.

Quais são os cuidados necessários após a colocação do implante?

As consultas periódicas são cruciais para a preservação e manutenção do protocolo sobre implante. Profilaxias e limpezas regulares devem ser feitas, à princípio, semestralmente. 

Essas visitas ao dentista também têm como objetivo a avaliação do controle de placa bacteriana, das mudanças ou da presença de processos inflamatórios e feridas locais através de sondagens. 

Nessas visitas também é avaliada a estrutura do protocolo como a eventual quebra de parafusos e o desgaste dos dentes.

É muito importante que o paciente compreenda que o controle da placa bacteriana por meio de técnicas específicas — como de escovação e higienização — e o uso de diversos tipos de escovas dentárias (interdentais, manuais, e motorizadas), proporcionam saúde peri-implantar e, consequentemente, uma maior longevidade dos implantes dentários e do protocolo sobre implante.