A melhor forma de prevenir a doença de gengiva é através de uma higiene oral adequada. A placa bacteriana é o fator principal para o surgimento da gengivite, portanto, ao impedir que a placa se instale, as chances de desenvolvimento da gengivite é menor. Essa prevenção da gengivite tem início em casa com hábitos saudáveis através de uma escovação eficiente e adequada, higienização dos dentes, das gengivas, da língua e das bochechas. O uso do fio dental é muito importante para a limpeza de bactérias e restos alimentares entre os dentes, onde a escova não consegue alcançar e que causam a gengivite.

 É importante lembrar que o uso de suplementos, como enxaguantes e bochechos, não substituem a escovação e uso do fio dental sem os quais as chances de desenvolver doença de gengiva são maiores. Além de cuidados locais, visitas regulares ao dentista auxiliam na prevenção da gengivite, pois são realizados exames preventivos e profilaxia profissional, essenciais para a prevenção da doença de gengiva.

causa da gengivite 1 doença de gengiva 1 doença de gengiva 2

A escova de dente é suficiente para a higienização e para evitar a doença de gengiva?

É importante que paciente mantenha uma atenção contínua e cuidadosa em relação à higiene bucal na prevenção da gengivite. O uso de diversos instrumentos de limpeza pode ser necessário, como escovas unitufo, escova interdental, raspadores de língua, entre outros. Pode acontecer de o próprio ato de escovar os dentes machucar a gengiva devido à presença da inflamação e causara a gengivite, portanto o uso de escovas macias são mais indicadas nos casos de gengivite e prevenção da doença de gengiva.

O uso de bochechos ou enxaguantes bucais são meios coadjuvantes de higienização, e não principais. O uso da escova de dentes e do fio dental não deve ser substituído por enxaguantes bucais.