Dentes do siso são os terceiros e formam o último conjunto de molares. O nome popular siso é conferido devido ao fato de irromperem na boca no final da adolescência ou próximo aos vinte anos. Às vezes, esses dentes podem ser um trunfo valioso para a boca quando saudáveis e devidamente alinhados, mas na maioria das vezes, eles estão mal posicionados e precisam ser removidos. A posição e o ângulo desfavoráveis para a sua erupção podem causar danos aos dentes adjacentes, ao osso circundante, e aos nervos localizados próximos a ele.

Os dentes do siso também podem estar impactados. Dentes impactados não irrompem o irrompem parcialmente na boca devido ao seu tamanho e ausência de espaço adequando para a sua acomodação. A erupção parcial dos dentes do siso permite uma abertura para a entrada de bactérias ao seu redor, o que pode causar uma infecção que resultará em dor, inchaço e dificuldade de abertura e fechamento da boca. Dentes parcialmente irrompidos também são mais propensos ao aparecimento de cáries e desenvolvimento de doenças da gengiva devido à sua localização de difícil acesso da escova e do fio dental, dificultando a higienização.

É recomendado que os dentes do siso sejam extraídos antes mesmo de desenvolverem qualquer tipo de problema. Dessa forma pode-se evitar extrações dolorosas e complicadas. A remoção pode ser mais fácil em pacientes jovens, durante o estágio inicial de formação da raízes desses dente.

Assista ao vídeo sobre dentes do siso

» Veja as Perguntas Frequentes sobre os Dentes do Siso